sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Escapadinha - Espanha Julho 2013

Então cá vamos nós... Vou-vos falar desta viagem que fiz há já uns tempos. Uma viagem marcada mesmo ao último minuto. O objectivo era ir ao parque ISLA MÁGICA em Sevilha, passando primeiro por Córdova. Tudo começou por volta das nove horas da manhã. Saímos de casa mais ou menos a essa hora (com uma hora de atraso porque tínhamos planeado sair às 8h00) mas a viagem até Córdova correu muito bem, até porque consegui ir a dormir (apesar de muito levemente uma vez que não consigo dormir muito no carro). Cerca de quatro horas e meia depois chegámos à cidade destino, Córdova. Aí, ficámos alojados no hotel Cordoba Center (um quatro estrelas superior) que tinha uma relação qualidade-preço bastante boa. Optámos por este hotel mais próximo do centro apesar de ser um pouco mais caro que os outros mais localizados nos subúrbios já que assim pudemos ir para o centro da cidade a pé. Estacionámos o carro à porta do hotel e decidimos ir à piscina  ao ar livre que há no último piso (porque esta cidade é muito quente!). A piscina era fantástica e super elegante com uma vista esplendorosa sobre a cidade (a vista era magnífica-vejam depois no álbum de fotografias que eu vou postar).
Entretanto fomos para o centro, já mais à tarde, e passeámos por aí. Vimos alguns monumentos, entre os quais um pequeno arco do triunfo e uma ponte muito simples que atravessava o rio Guadalquivir que tem no seu percurso uma floresta em ponto pequeno. Na outra extremidade dessa ponte havia um pequena torre e aí comemos um gelado numa banca da olá. Para além disto, vimos a mesquita da cidade que é um dos monumentos mais significativos de Córdova pela sua imponência e relevância a nível mundial (já que é património cultural).
Mais tarde fomos jantar a um restaurante de tapas local chamado PEPE DE LA JUDERÍA. Este é definitivamente um local agradável para se estar durante um bocado e as tapas são boas. Mais uma vez a relação qualidade-preço era aceitável. De seguida voltámos ao hotel, passando por algumas ruas locais mais estreitas e espreitando pelas portas para alguns pátios (que são muito conhecidos, tendo principal relevância em Abril quando há um concurso para eleger o melhor da região), onde passámos a primeira noite. O quarto era excelente, muito limpo e bem decorado. Por outro lado o hotel tinha a mais-valia de ter WI-FI gratuito - que agora parece ser uma característica comum a quase todos os hotéis espanhóis.
No dia seguinte saímos do hotel por volta das 13h, depois de mais um mergulho na piscina (apesar da água estar sempre muito fria a vista fazia-nos querer entrar novamente!), e passámos por um centro comercial local onde consegui comprar umas havaianas de pano que já há muito tempo procurava em Portugal e onde revisitámos o Carrefour (que antigamente havia no nosso país). Almoçámos durante a viagem para Sevilha num McDonalds.
GATO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Quero saber a tua opinião. Este espaço é para ti ;)